Oposição precisa levantar o tom com Lira, defende Melchionna sobre impeachment

Deputada participou do #PrimeiroCafe desta quarta-feira e comentou também a instalação da CPI da Covid no Senado

A deputada federal Fernanda Melchionna (PSOL-RS) defendeu, em entrevista ao Primeiro Café nesta quarta-feira (28), que a oposição ao governo deve se unir e cobrar do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que se manifestante sobre os mais de 100 pedidos de impeachment de Bolsonaro.

_ Quem silencia diante do genocídio é cúmplice, disse.

Ela lembrou que o PSOL fez campanhas similares cobrando do ex-presidente da Casa, Rodrigo Maia.

_Acho que temos que fazer com o Lira também, ele precisa ser responsabilizado e cumprir seu papel institucional, defendeu.

Melchionna assinou o primeiro pedido de impeachment de Bolsonaro – e vários outros. Hoje, há mais de 100 pedidos de impedimento esperando uma decisão do presidente da Câmara.

_Tenho convicção que a maior parte do povo brasileiro está com a gente. Claro que agora não podemos ir para a rua por conta da pandemia. Mas vamos aproveitar a primeira brecha para botar o bloco na rua, mostrar a nossa força e lutar pelo impedimento desse criminoso (em referência à Bolsonaro), disse a deputada gaúcha.

Fernanda Melchionna também comentou a manobra do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), para permitir a volta às aulas em meio à pandemia e falou sobre a instalação da CPI da Covid no Senado.

Ouça a entrevista na íntegra na edição 79 do Primeiro Café:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s