#322 Sumiço de aldeia Yanomami mobiliza a internet

Desde a semana passada estamos acompanhando os desdobramentos de uma denúncia gravíssima de violência contra indígenas de uma aldeia da Terra Yanomami em Roraima. Garimpeiros teriam invadido a aldeia, sequestrado uma menina de 12 anos que foi estuprada até a morte. Uma criança teria sido jogada no rio e desapareceu.

Após o caso ser denunciado nacionalmente, garimpeiros voltaram a fazer ameaças e tentaram comprar o silêncio da aldeia com ouro. No final de semana, as autoridades encontraram a aldeia onde viviam os yanomami queimada e abandonada. O sumiço dos indígenas mobilizou a internet ontem com a pergunta “cadê os Yanomami?”.

O presidente do Conselho Distrital de Saúde Indígena, Júnior Yanomami, responsável pela denúncia do episódio de violência, foi até a aldeia. Ele ouviu de indígenas de aldeias vizinhas, que provavelmente os yanomamis cremaram os corpos das vítimas de violência e abandonaram a aldeia. As autoridades foram até o local e disseram não ter encontrado indícios das mortes, mas prometeram continuar com as investigações.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s