Meninos na Papuda, meninas na Colméia: primeiros golpistas vão pra cadeia por ataques em Brasília

Nos últimos anos, os golpistas atuaram com a certeza da impunidade. Eles achavam que podiam fazer de tudo que não seriam punidos. E parecia que era assim mesmo, diante da inação das instituições. Mas tudo mudou depois que eles resolveram atacar com violência as sedes dos três poderes.

Até por causa dessa certeza de impunidade, está difícil para os fascistas bolsonaristas aceitarem a realidade. A realidade é que centenas deles foram presos em flagrante e vão responder na Justiça pelos crimes contra a democracia. Os primeiros já foram transferidos para os presídios de Brasília: meninos para a Papuda e meninas para a Colméia!

É uma pena que, para isso, precisou que os golpistas invadissem o prédio do Supremo quebrando tudo e até cagassem na Corte, literalmente. Aí, aparentemente, a paciência ou conivência das instituições com os golpistas acabou. 

Além das 1500 cabeças de gado presas no acampamento em Brasília, ontem o ministro Alexandre de Moraes mandou prender o ex-ministro da Justiça de Bolsonaro, Anderson Torres, que era o responsável pela segurança do DF, e do comandante da PM. O nível de graudez dos golpistas presos está subindo. 

Falta mandar prender ainda o líder de tudo isso. O ex-presidente Bolsonaro, que ontem mesmo compartilhou fake news sobre a eleição nas redes sociais, ainda incitando o movimento golpista de seus apoiadores fascistas. 

Até que enfim! Essa notícia demorou, mas chegou. E chegou justo esta semana, tipo um presente de aniversário para este podcast. Hoje o Primeiro Café comemora dois anos no ar e o presente é ver fascista na cadeia!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s